terça-feira, 27 de julho de 2010

DESCUIDO CRIMINOSO

Ontem, dia 26 de julho de 2010, um terrível descuido quase termina em tragédia. A polícia está investigando a origem de um incêndio que atingiu várias propriedades, entre elas a Casa Ecológica, na Linha Cachoeirinha, em Caçador. Graças à pronta intervenção dos Bombeiros Voluntários e de alguns vizinhos o fogo foi contido centímetros antes de atingir a Casa e seus moradores Kátia Ribeiro Fuchs e o pequeno Luciano, de apenas dois anos de idade, que estava dormindo. As vidas humanas e a casa se salvaram do descuido criminoso de alguém, mas muitas plantas e animais não tiveram a mesma sorte. Lamentavelmente, o fogo atingiu um local projetado e construído para ser um santuário de vida e de educação ambiental.
A Casa Ecológica já foi visitada por centenas de crianças, jovens e adultos, estudantes, profissionais e curiosos. Já foi objeto de entrevistas, reportagens, cursos e apresentações até fora do Estado, inclusive recebendo prêmio internacional. Este santuário sofreu uma enorme perda de biodiversidade. Centenas de espécies nativas de plantas e animais foram mortas e demorará muito tempo para recompor a área atingida, com cerca de três mil metros quadrados.
Entendemos que estes eventos não podem mais se repetir. Chega de queimadas! Chega de ações inconseqüentes – como começar uma queimada, especialmente no início de uma tarde quente, seca e ventosa. Chega de falta de cuidado com os vizinhos e com o ambiente! Precisamos de atenção, de cuidado, de carinho e de ações responsáveis. Nós, seres, precisamos. Todos os seres, porque uma vida é uma vida, não importa o tamanho. Temos que entender isso antes que seja tarde e tragédias piores ocorram.
Deixamos aqui os agradecimentos aos Bombeiros Voluntários, à Polícia Ambiental e aos vizinhos que ajudaram a conter o fogo.

Convidamos aqueles que querem conhecer a Casa Ecológica ou ajudar na recomposição do local a nos visitar.

Caçador, 27 de julho de 2010.

Alfredo, Kátia, Luciano e todos os outros seres que vivem na Casa Ecológica.





















3 comentários:

vanusaD disse...

Olá Kátia!
Acabei de te seguir.
Que pena que ainda existem pessoas que nao conseguem viver em sociedade e nem viver bem com a natureza.
Fiquei mto triste com as imagens.
Torço pra que tudo se recuperre o mais eapido possivel.
abraço!

Sâmia disse...

Querida Kátia,
stava aqui procurando o blog de vcs para passar para alguns amigos quando vi esta terrível notícia. Ques tristeza!
Fico feliz de saber que todos vocês estão bem.
Como está muito tarde, não lhes telefono agora para saber detalhes.
Um forte abraço.
Sâmia
PS. estou sem o e-mail de vcs, quero saber notícias

Anônimo disse...

Passei por essa situação onde moro, minha casa foi salva pelos bombeiros. Na minha cidade (Paraiba do Sul) para todos os lados só se veem queimadas, todos os meus pés de frutas foram queimados e agora os animais aparecem, mas não há mais nada.